Representação em forma de pintura de trovadores cantando as suas cantigas satíricas.

Pintura ilustrando um dos instrumentos utilizados.

O Que Foi o Trovadorismo?

O trovadorismo de forma objetiva foi um foi um movimento de gênero literário com origem na Idade Média por volta do século XII, na região da Provença no Sul da França, época em que todo o sistema econômico, político e social baseava-se na agricultura de subsistência, o regime chamado feudalismo.

Os chamados trovadores eram apenas os nobres que escreviam cantigas, os demais que também cantavam e inclusive escreviam mas não eram nobres, possuindo condições inferiores, eram chamados de jogral.

Essas cantigas eram textos poéticos,muitas das vezes com requintes aristocráticos e a presença da veneração a mulher ou saudades da pessoa amada, masessas são características de sua parte lírica, enquanto  a vertente na qual focamos neste blog está voltada para críticas e gozações, presentes de forma irônica ou agressiva, direta ou indiretamente na cantiga, sua parte satírica.

Esses textos poéticos eram acompanhados por instrumentos musicais como viola, lira, harpa, flauta e pandeiro.

As Cantigas Satíricas

Essas cantigas, como o próprio nome já diz, faziam críticas em forma de sátiras a determinada pessoa, da qual poderia ser próxima ao trovador (ou ainda jogral)ou de mesma classe, tendo isso como principal característica.

Havia dois tipos de cantigas no Trovadorismo, o lírico e o satírico, mas nosso foco aqui é apenas o satírico que subdivide-se em dois tipos, as cantigas de Escárnio e as de Maldizer.

O fator que mais diferencia essas duas subdivisões é que a de Escárnio fazia essas críticas e gozações de forma indireta, sem citar explicitamente de quem se estava falando, enquanto na de Maldizer isso era feito de forma direta, citando explicitamente qual era a pessoa em questão.